Nova Iguaçu Online
Notícias de Nova Iguaçu todo dia

Concilia Nova Iguaçu dará descontos de até 80% aos contribuintes inadimplentes

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI

Contribuintes inadimplentes com o município terão uma nova oportunidade de quitar suas dívidas tributárias com descontos de até 80%. A Prefeitura de Nova Iguaçu inicia, na segunda-feira (11), o Concilia Nova Iguaçu 2019, um programa de refinanciamento de débitos. Quem quiser aproveitar a chance deverá procurar a Central de Atendimento ao Contribuinte, na sede do governo municipal (Rua Ataíde Pimenta de Moraes, nº 528) até o dia 19 de dezembro. O atendimento será de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.

O Concilia Nova Iguaçu é uma parceria com o Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) e tem por objetivo facilitar ao contribuinte na recuperação do crédito público. O programa permite descontos em encargos e multas em débitos tributários, inclusive os inscritos em dívida ativa e executados. Quem optar pelo pagamento à vista vai receber desconto de 80%. No caso de parcelamento em até seis vezes, o abatimento é de 70%. De sete a 12 parcelas, a redução é de 60%. Entre 13 e 24 vezes, 40%; entre 25 e 48 parcelas, 30% e entre 49 e 60 vezes, 20%.

“Esta é uma ótima oportunidade para o munícipe regularizar a situação fiscal e evitar todas as consequências adversas de uma certidão negativa municipal. Vale lembrar que o contribuinte em dívida com o Município pode ser levado a protesto, o que o impede de obter financiamentos no mercado”, adverte o procurador geral de Nova Iguaçu. “Além disso, o tributo arrecadado é revertido em melhorias de áreas importantes como infraestrutura, saúde e educação”, acrescenta.

Quem for parcelar a dívida deve ficar atento às regras do programa. Caso deixe de pagar alguma parcela, o contribuinte perde o benefício do desconto nos juros, e todo o abatimento concedido retorna à dívida original.

Como aderir ao programa:

As pessoas jurídicas deverão fornecer a numeração do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), cópia do contrato social, atos constitutivos e alterações contratuais, número de telefone fixo ou celular, endereço com documentação comprobatória, e-mail, além dos documentos de identificação do representante legal, dos sócios e seus respectivos endereços.

Já as pessoas físicas deverão apresentar CPF, cópia da cédula de identidade, número de telefone fixo e celular, e-mail, comprovante de residência datado dos últimos três meses e, em caso de débito referente ao imóvel (IPTU e taxas), certidão do registro de imóvel (RGI) e/ou escritura de compra e venda, ou declaração de posse firmada junto ao Município apenas para fins de adesão ao programa.

Inscreva-se em nossa Newsletter
Cadastre e receba notícias direto para seu email
Você pode se desinscrever a qualquer momento
você pode gostar também
Comentários
Loading...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais