Nova Iguaçu Online
Notícias de Nova Iguaçu todo dia

Deputados cobram providências urgentes da Supervia

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI

Nesta quinta-feira (21), às 11h30, na Sala 316 do Palácio Tiradentes, as Comissões da Região Metropolitana, presidida pelo deputado estadual Waldeck Carneiro, e de Transportes da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro – ALERJ, presidida pelo deputado estadual Dionísio Lins, farão uma oitiva junto à Supervia, Agência Reguladora de Serviços Públicos Concedidos de Transportes Aquaviários, Ferroviários, Metroviários e de Rodovias do Estado do Rio de Janeiro (AGETRANSP) e Secretaria Estadual de Transportes com relação à retirada de circulação de 40 trens do fabricante CRRC (consórcio chinês) no Rio de Janeiro e quais medidas efetivas serão tomadas para amenizar o impacto junto aos usuários.

Providências

“Cobraremos providências urgentes, pois os passageiros do modal ferroviário estão sofrendo duro impacto”, afirmou Waldeck. De acordo com o deputado, não há como a população enfrentar intervalos sem previsão de chegada dos trens, esperas longas e hiperconcentração de usuários. “Precisamos da solução técnica conclusiva em curto prazo para aplacar o impacto junto à população. A mobilidade é um enorme desafio na Região Metropolitana, mais ainda com esse problema”, concluiu.

Problema grave

Segundo nota divulgada pela concessionária Supervia, no dia 17 (domingo), foram detectados problemas em série nas caixas de tração das composições (engrenagem que transmite energia do motor para eixo e rodas). Os trens chineses (2º lote) foram comprados pelo Estado do Rio de Janeiro e incluídos na operação entre 2014 e 2016. De acordo com Murilo Leal, presidente da AGETRANSP, as equipes estão trabalhando nas estações desde segunda-feira (18/11) pela manhã. “Reforçamos a fiscalização, avaliamos os impactos e fizemos reuniões com as equipes técnicas para acompanhar como se dará a reposição desses 40 trens. O problema é gravíssimo”, adiantou Leal.

Inscreva-se em nossa Newsletter
Cadastre e receba notícias direto para seu email
Você pode se desinscrever a qualquer momento
você pode gostar também
Comentários
Loading...
WhatsApp chat