Nova Iguaçu Online
Notícias de Nova Iguaçu todo dia

Unidades de urgência e emergência de Nova Iguaçu terão equipes completas durante o carnaval

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI

Para garantir assistência médica à população que vai curtir o carnaval pela Baixada Fluminense, a Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS) de Nova Iguaçu montou um plano de ação especial para preparar o atendimento nas unidades de urgência e emergência do município. O Hospital Geral de Nova Iguaçu (HGNI), referência para casos de trauma, média e alta complexidade, a Maternidade Mariana Bulhões, com emergência obstétrica, e as Unidades de Pronto Atendimento 24h (Upas) de Vila de Cava, Austin e Comendador Soares, para baixa e média complexidade, vão atuar com equipes completas de plantão, cada um com sua programação de atendimento, exames e cirurgias durante o feriado prolongado.

O planejamento elaborado para o carnaval pela Secretaria Municipal de Saúde e apresentado ao prefeito Rogerio Lisboa em janeiro. Ele já foi implantado nas unidades de saúde 24h como forma de assegurar que as pessoas que necessitem de atendimento de urgência e emergência possam contar com os serviços oferecidos pela rede municipal. Além disso, os funcionários foram conscientizados sobre a importância de ter equipes completas em todos os plantões para garantir o melhor atendimento médico neste período.

“Todas as unidades de urgência e emergência estarão funcionando com equipes completas e preparadas para o atendimento durante o carnaval. É muito importante lembrar que o HGNI, a Maternidade Mariana Bulhões e as Upas recebem pacientes de toda a Baixada Fluminense, e, por este motivo, organizamos, desde o atendimento pré-hospitalar do município, ao de emergência, garantindo assistência a quem precisar”, afirma o secretário municipal de Saúde, Manoel Barreto.

Além do atendimento de média e alta complexidade, o HGNI vai manter a rotina de cirurgias para os pacientes internados, e se preparar para casos cirúrgicos de urgência, priorizando as altas hospitalares e o giro de leitos durante o feriado prolongado. Para garantir a realização dos procedimentos, o hospital está em campanha de doação de sangue, recebendo doadores em horário estendido até dia 28 de fevereiro. Essa é uma forma de garantir a assistência em uma unidade que convive diariamente com a superlotação, recebendo, em média, 17 mil pacientes por mês, sendo cerca de 45% deles de outros municípios da Baixada Fluminense.

“Fizemos uma reunião com os chefes de cada serviço para priorizar a rotina cirúrgica do paciente internado durante o carnaval e a alta melhorada ou curada, evitando que em algum momento nós tenhamos leitos retidos, garantindo o atendimento na porta de entrada do HGNI. Essa é uma medida muito importante para garantir a assistência em um hospital que vive superlotado”, explica o diretor geral do HGNI, Joé Sestello.

A exemplo do HGNI, a Maternidade Mariana Bulhões também enfrenta a superlotação, chegando a ter quase 150 pacientes internadas, sendo 40% destas de outros municípios da Baixada Fluminense, mas contando com apenas 83 leitos,. Para o carnaval, a unidade também vai manter o cronograma de cirurgias obstétricas, partos e assistência de emergência às gestantes. Já as Upas 24h de Vila de Cava, Comendador Soares e Austin estão prontas para receber pacientes, nas especialidades de Clínica Médica e Pediatria, oferecendo o primeiro atendimento, exames laboratoriais e raio-x de emergência.

Inscreva-se em nossa Newsletter
Cadastre e receba notícias direto para seu email
Você pode se desinscrever a qualquer momento
você pode gostar também
Comentários
Loading...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais