Nova Iguaçu Online
Notícias de Nova Iguaçu todo dia

Aumentam as reclamações contra os serviços prestados pela empresa Nilopolitana

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI

Nossa redação está recebendo dezenas de reclamações de leitores insatisfeitos com os serviços prestados pela empresa Cavalcanti e Cia – Nilopolitana. Só nos últimos quinze dias foram cerca de 10 usuários que mandaram mensagens para o nosso Whatsapp indicando problemas, principalmente com relação aos atrasos, desrespeito por parte de funcionários e as condições dos veículos colocados à disposição dos usuários.

De acordo com os passageiros, desde novembro do ano passado os atrasos passaram a ser constantes:

“O ônibus que faz a linha 428 Cabral x Comendador Soares está demorando muito. Eu pego esse ônibus todos os dias aqui em Comendador Soares e está sempre atrasado, nunca passa no horário certo a passagem aumentou e os ônibus continuam atrasando”, disse Ana, que está revoltada com o descaso.

Frota menor nas ruas

Além dos atrasos, os intervalos entre os ônibus se tornaram maiores e segundo funcionários da empresa, que pediram para não se identificar, houve redução no número de ônibus nas linhas. Há casos como o da linha 516I (Nilópolis x Km 2,5), onde há apenas dois ônibus circulando na maior parte do dia:

“A diretoria mandou diminuir a frota em todas as linhas e vários horários foram cancelados. O impacto é maior nas linhas Vila São Luiz x Nova Iguaçu, 420T (Nilópolis x Barra da Tijuca) e 516I (Nilópolis x Km 2,5) onde a frota está operando com metade do que havia antes da Nilopolitana entrar”, contou um funcionário.

Vale lembrar que essas três linhas eram operadas, respectivamente, pelas empresas Niturvia, Cruzeiro do Sul e Trans1000, após sofrerem sanções por parte dos órgãos fiscalizadores e terem suas atividades encerradas.

NILOPOLITANA
Tayenne registrou o veículo que a deixou a pé. Foto: Via Whatsapp

Já Tayenne Marques faz parte do grupo que reclama da atitude de alguns motoristas. Usuária da linha 429 (Queimados x Duque de Caxias) ela fez questão de ir na empresa e reclamar:

“No sábado, dia 14, às 13h35, estava Vilar dos Teles como de costume e o motorista do ônibus RJ 123.064 não parou no ponto. Vi que ele parou mais adiante e fui até lá e pedi educadamente para abrir a porta. Fiquei aguardando e ele simplesmente arrancou com o ônibus e me deixou a pé.  Até mesmo um motorista de outra empresa, vendo a minha situação se prontificou a me ajudar e mesmo acenando para o “colega” ele não quis parar.  Fui na garagem e abri uma ocorrência e ainda irei acionar a Justiça pelo constrangimento e desrespeito. Hoje foi comigo amanhã pode ser com outras pessoas, esse ônibus já demora muito e quando vem ainda faz isso”, contou.

Crise no setor

O número de reclamações deste tipo é parecido com as queixas de quem sofre com os atrasos e elas podem estar relacionadas. Segundo o especialista em transportes, José Luiz Martins, muitas empresas deixaram de investir nos profissionais:

“O setor está em crise. O número de usuários vem diminuindo drasticamente e algumas empresas não estão sabendo lidar com isso. Isso impacta diretamente em quem precisa dos serviços e nos profissionais que atuam diretamente nas ruas e são obrigados a ouvir as reclamações dos usuários. Sem contar na pressão exercida pelas empresas para cumprir os horários, mesmo sabendo que é quase impossível suprir a ausência de um veículo. Adicione ainda às condições nada ideias de trabalho, onde os veículos muitas das vezes apresentam problemas constantes. Não se justifica as atitudes irresponsáveis, mas são seres humanos e cada um lida de uma forma diferente a essas pressões”, explica ele.

Responsável por operar linhas municipais em Nilópolis e intermunicipais em vários municípios da Baixada Fluminense e no Rio de Janeiro, a empresa tem 63 anos e nos últimos anos passou a operar novas linhas, recebidas de empresas que encerraram suas operações. Este pode ser um dos motivos da queda na qualidade dos serviços.

Inscreva-se em nossa Newsletter
Cadastre e receba notícias direto para seu email
Você pode se desinscrever a qualquer momento
você pode gostar também
Comentários
Loading...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais