Nova Iguaçu Online
Notícias de Nova Iguaçu todo dia

PM é chamada para conter aglomeração em agência da Receita em Nova Iguaçu

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI

A Polícia Militar foi chamada para dispersar uma aglomeração de pessoas que se formou em frente à unidade da Receita Federal em Nova Iguaçu, nesta quarta-feira (dia 8). O tumulto foi gerado em razão do lançamento do aplicativo Caixa – Auxílio Emergencial, onde os trabalhadores informais devem se inscrever para receber o auxílio no valor de R$ 600. Muitos tiveram dúvidas e buscaram essa delegacia da Receita, que de acordo com o site do órgão, se encontra fechada desde o dia 23 de março, por causa do coronavírus.

Veja como: CPF deve estar regular para ter direito ao auxílio emergencial

Por meio de nota, a Superintendência Regional da Receita Federal na 7ª Região Fiscal (RJ/ES) informou que acompanhou desde a manhã desta quarta-feira a situação na Delegacia de Nova Iguaçu (e nas agências a ela subordinadas) e “está trabalhando para ajudar a Caixa Econômica Federal na solução das discrepâncias que estão levando as pessoas a procurar o atendimento nas unidades”.

De acordo com a Regional, a Polícia Militar foi acionada para auxiliar na orientação das pessoas, com o propósito de evitar aglomerações, “tendo em vista a recomendação de isolamento social que o momento impõe a todos.”

A Receita ressaltou, ainda, que tendo em vista a pandemia da Covid-19, o atendimento presencial nas unidades está sendo feito de forma excepcional.

A orientação é que, no caso dos moradores do Rio de Janeiro, dúvidas sejam esclarecidas pelo e-mail atendimentorfb.07@rfb.gov.br. Ou, ainda, pelo chat da Receita.

Fonte: Extra

Inscreva-se em nossa Newsletter
Cadastre e receba notícias direto para seu email
Você pode se desinscrever a qualquer momento
você pode gostar também
Comentários
Loading...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais