Nova Iguaçu Online
Notícias de Nova Iguaçu todo dia

Prefeitura de Nova Iguaçu confecciona e entrega máscaras de proteção

Para garantir mais segurança para a população que busca atendimento nos órgãos de assistência social do município, a Prefeitura de Nova Iguaçu está entregando máscaras de proteção produzidas por duas das dez unidades do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e o Espaço Municipal da Terceira Idade (ESMUTI), órgãos ligados à Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMAS). Quatrocentas delas já foram distribuídas e outras 600 serão dadas ao longo da semana. Outras mil máscaras de tecido começaram a ser confeccionadas nesta segunda-feira (27). A medida é uma forma de prevenção à Covid-19.

Como há falta de Equipamento de Proteção Individual (EPI) no mercado, entre eles as máscaras cirúrgicas, essa medida fará com que esses itens adquiridos pela Prefeitura sejam todas disponibilizados exclusivamente aos profissionais de saúde da rede municipal. O uso das máscaras é uma determinação do Ministério da Saúde.

As máscaras caseiras de tecido de algodão, recebidos por doações à SEMAS, estão sendo confeccionadas por quatro profissionais que ministram cursos de costura no CRAS Centro, Comendador Soares e Esmuti.

“Estamos produzindo as máscaras em caráter experimental e serão todos distribuídos às pessoas que buscam nossos equipamentos. À medida que eles forem chegando aos locais, logo receberão as máscaras. Já estudamos outros materiais, como o TNT, de menor custo e descartável. A de algodão, no entanto, é lavável e pode ser reutilizada”, afirmou a secretária de Assistência Social de Nova Iguaçu, Elaine Medeiros. “Como lidamos com muitas pessoas diariamente, o uso dessas máscaras é uma importante forma de proteção, mas sem descuidar da higiene das mãos”.

As máscaras serão distribuídas no Centro de Referência Especial para Pessoa em Situação de Rua (Centro Pop), no Sistema Nacional de Emprego (SINE) e nos quatro Centros de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), nos bairros Moquetá, Valverde, Austin e Caioaba.

Também serão entregues nas dez unidades do CRAS, nos quatro abrigos permanentes da Prefeitura (Casa Flor de Laranjeira, para adolescentes meninas, Casa Laranja Lima, para crianças de ambos os sexos, Casa Dourados Laranjais, para idosos, e a Residência Inclusiva, para pessoas com deficiência) e nos três abrigos provisórios do município, em Miguel Couto, Jardim da Posse e Tinguá.
Costureira do Esmuti há seis meses, Cris Cabral, de 50 anos, afirmou que as máscaras vão ajudar a evitar a propagação da Covid-19:
“Muitas pessoas que nos procuram não têm dinheiro para comprar máscaras toda semana. Com essa nossa produção, elas vão, de forma gratuita, tre uma ajuda na prevenção ao coronavírus. Vai beneficiar até nós que estamos atendendo”.

Inscreva-se em nossa Newsletter
Cadastre e receba notícias direto para seu email
Você pode se desinscrever a qualquer momento
você pode gostar também
Comentários
Loading...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais