Nova Iguaçu Online
Notícias de Nova Iguaçu todo dia

Governo do Rio irá inaugurar hospital modular para pacientes com Covid-19 em Nova Iguaçu

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI

O município de Nova Iguaçu, receberá a partir da primeira semana de maio um hospital modular para atender pacientes com Covid-19 no estado. Serão 100 novos leitos inaugurados nesta primeira fase, sendo 40 de UTI, de acordo com a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Obras (Seinfra). Ao todo, quando a unidade estiver operando com toda a sua capacidente de atendimento, serão 300 novos leitos disponíveis, sendo 120 de UTIs e 180 enfermarias que, em caso de necessidade, podem se transformar em CTI.

— Esse hospital de Nova Iguaçu poderá atender pacientes de toda a Baixada Fluminense que infelizmente tenham suas condições agravadas. A obra será feita em fases com as primeiras 100 unidades prontas já no início de maio e o restante em mais 20 dias — disse em nota o secretário de Estado de Infraestrutura e Obras, Bruno Kazuhiro.

O novo hospital está sendo ereguido em três blocos em um grande terreno na Avenida Governador Roberto Silveira, nº 1.500, onde está localizado o aeródromo da cidade. No mesmo terreno, também sendo construído um hospital de campanha pela secretaria de saúde do município. O hospital modular, no entanto, é licitado pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Obras.

Ao contrário dos hospitais de campanha, a estrutura do hospital modular — que recebe este nome por ser construído por módulos — é feita de placas de aço, material mais resiste. Segundo a Seinfra, o equipamento terá uma estrutura similar aos hospitais de grande porte do estado do Rio. Ainda segundo a pasta, com o fim da pandemia a estrutura poderá ficar no local ou ser desmontado e aproveitado para a montagem de outros equipamentos na região, estratégia que ficará a cargo da Secretaria estadual de Saúde.

— Todos esses 300 leitos ficaram de legado para a saúde pública do estado mesmo após a pandemia — finaliza Kazuhiro.

Fonte: Extra
Inscreva-se em nossa Newsletter
Cadastre e receba notícias direto para seu email
Você pode se desinscrever a qualquer momento
você pode gostar também
Comentários
Loading...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais