Nova Iguaçu Online
Notícias de Nova Iguaçu todo dia

Hospital Modular de Nova Iguaçu já está pronto, porém sem data para inaugurar

A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Obras do Rio de Janeiro (Seinfra) finalizou, no último dia 9 de junho, as obras físicas do segundo bloco, com capacidade para mais 100 leitos (40 de UTI), do Hospital Modular de Nova Iguaçu, destinado a pacientes com coronavírus. A unidade passou por vistorias técnicas nos últimos dias e já está à disposição da Secretaria Estadual de Saúde, que é a gestora do empreendimento e ainda não definiu a data para a inauguração.

Com isso, são 200 leitos prontos (80 de UTI) e entregues para a SES. Foram concluídas também uma subestação de energia elétrica e o necrotério, o que dispensa a necessidade do uso de geradores e de contêineres frigoríficos.

As áreas já finalizadas estão totalmente isoladas para que os operários continuem trabalhando normalmente, protegendo a eles e também aos pacientes. As obras do último módulo, com mais 100 vagas, totalizando 300 leitos (120 de UTI), estão em fase de conclusão. Localizada no Aeródromo da cidade, na Avenida Governador Roberto Silveira, nº 1.500, a intervenção tem investimento total de R$ 62 milhões.
– Partimos agora para a conclusão desse hospital que, após a pandemia, ficará de legado para a população da Baixada Fluminense – afirma o secretário de Estado de Infraestrutura e Obras, Bruno Kazuhiro.

HOSPITAL MODULAR
Foto: Antonio Kämpffe/Seinfra

Legado

Montado com material modular e resistente, com capacidade para atendimentos de média e alta complexidade, a unidade hospitalar terá 12.800 m2 e estrutura similar aos hospitais de grande porte do estado do Rio. Construído pela empresa Quick House, vencedora da concorrência pública, a estrutura é feita com chapas de aço galvanizado e será o maior hospital nesse formato na América do Sul. Após o fim da pandemia, o equipamento poderá ficar no local ou ser desmontado e realocado em outro terreno. A estratégia de utilização ficará a cargo da Secretaria estadual de Saúde.

Gabinete na obra

Para dar celeridade às intervenções, garantindo o cumprimento dos prazos solicitados pelo governador Wilson Witzel, o secretário Bruno Kazuhiro transferiu o seu gabinete para a obra. Além dele, técnicos e fiscais da Seinfra dão expediente no local.

você pode gostar também
Comentários
Loading...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais