Nova Iguaçu Online
Notícias de Nova Iguaçu todo dia

Dez estabelecimentos de Nova Iguaçu receberam a equipe de fiscalização do Procon

Seguindo os protocolos estabelecidos pelo Governo do Estado e pela Prefeitura de Nova Iguaçu para a retomada das atividades econômicas mantendo-se os cuidados para a prevenção da pandemia da Covid-19, o Procon-RJ, autarquia vinculada à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, realizou uma operação de orientação na Baixada Fluminense nesta quinta-feira (25). Dez estabelecimentos de Nova Iguaçu receberam a equipe de fiscalização que orientou sobre as medidas obrigatórias para a reabertura das lojas ao público.

Para manter a segurança de funcionários e consumidores nas atividades comerciais retomadas com a flexibilização uma série de procedimentos foram estabelecidos pelo Decreto Municipal 11965/2020 da Prefeitura de Nova Iguaçu: comunicação do limite máximo de pessoas dentro da loja; estabelecimento de rotas de fluxo de entrada e saída; demarcação de distanciamento nas filas; uso de EPIs pelos funcionários e de máscaras pelos clientes; fixação de cartazes com orientações sobre medidas de proteção e procedimentos de higiene; disponibilização de álcool em gel e implementação de barreiras físicas entre os funcionários e o público. Os problemas mais recorrentes foram a falta de sinalização de entrada e saída das lojas para controle do fluxo de pessoas e informações expressas sobre a quantidade máxima de clientes que poderiam entrar na loja ao mesmo tempo.As lojas Ponto Frio, Prolar, Di Santini, Vivo, Baggagio e Tele Rio apresentaram problemas com a sinalização. Além delas, as Casas Bahia e Destak também não indicavam o limite máximo de ocupação e a Humanitarian não sinalizava a entrada e a saída.  Apenas a Baggagio, Destak e Street Shoes tinham problemas com demarcações de distanciamento nas filas. A Vivo não exibia cartazes orientando o uso de máscaras pelos clientes. Todos os problemas encontrados foram corrigidos imediatamente pelos lojistas e as lojas de calçados foram orientadas sobre a proibição de experimentar os produtos.

Os esforços para evitar aglomerações e conter a pandemia continuam sendo feitos em vários locais. Os fiscais constataram que grande maioria das medidas estavam sendo seguidas. Desde o início da reabertura do comércio varejista esta é a segunda ação de cunho orientador da autarquia – a primeira foi em Shoppings Centers na semana passada.

Locais Fiscalizados:

Casas Bahia – Avenida Governador Amaral Peixoto, s/nº – Centro – Nova Iguaçu
Prolar – Avenida Governador Amaral Peixoto,49 – Centro – Nova Iguaçu
Ponto Frio – Avenida Governador Amaral Peixoto,75-95 – Centro – Nova Iguaçu
Di Santini – Avenida Nilo Peçanha, 85/89 – Centro – Nova Iguaçu
Vivo – Avenida Governador Amaral Peixoto,427 – Centro – Nova Iguaçu
Bagaggio – Rua Otavio Tarquino, 141 – Centro – Nova Iguaçu
Destak – Rua Otavio Tarquino, 105 – Centro – Nova Iguaçu
Street Shoes – Avenida Governador Amaral Peixoto, 46 – Centro – Nova Iguaçu
Humanitarian – Avenida Governador Amaral Peixoto, 243 – Centro – Nova Iguaçu
Tele Rio – Avenida Governador Amaral Peixoto, 400 – Centro – Nova Iguaçu

você pode gostar também
Comentários
Loading...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais