Nova Iguaçu Online
Notícias de Nova Iguaçu todo dia

Jogo de empurra atrasa a obra de construção do ginásio esportivo do Cobrex

Os moradores do Cobrex, no bairro Botafogo, ainda terão que esperar até 2021 para poderem comemorar a inauguração do tão sonhado ginásio esportivo. A culpa está no jogo de empurra envolvendo a Prefeitura e o Governo Federal.

Apesar de estar em obras há três anos,  o que se vê no terreno destinado ao ginásio é um tapume cercando a área e placas que avisam sobre o empreendimento, orçado em R$ 1.373.325,34. Com investimentos do governo federal, a obra já começou e parou algumas vezes, de acordo com moradores. Nesta semana, foi retomada novamente, mas o prazo de conclusão dado pela prefeitura foi estendido para fevereiro de 2021.

E no entorno, o que se vê é muito abandono. Ao lado do terreno há despejo indiscriminado de lixo, o que acaba atraindo ratos e insetos. Moradores também reclamam da sensação de insegurança, principalmente à noite:

“A iluminação à noite é muito fraca. Tentaram jogar uma mulher dentro de um carro. Podiam pelo menos fazer algo no terreno ao lado”, pediu uma moradora que, preferiu não se identificar.

Enquanto não ganham o ginásio, alguns moradores aproveitam uma academia ao ar livre, que foi construída ao lado do ginásio. Mas o estado dos equipamentos preocupa:

“Tem aparelho quebrado. Para os outros, a gente traz óleo para lubrificar porque não existe manutenção”, disse uma moradora.

Prefeitura culpa o Governo Federal

A Prefeitura de Nova Iguaçu disse que pediu o encerramento do convênio com o extinto Ministério do Esporte, através da Caixa, devido à falta de repasses de recursos que ocasionaram os atrasos na obra. O contrato, de dezembro de 2017, foi rescindido em março passado. O órgão acrescentou que, com a pandemia, as obras foram suspensas e estão sendo retomadas ‘‘com cautela’’.

Sobre os repasses da obra pelo governo federal, disse que os recursos nunca foram diretamente repassados para a prefeitura.

Sobre a Academia ao Ar Livre, a prefeitura disse que a Secretaria Municipal de Serviços Públicos vai enviar uma equipe ao local para saber se há necessidade de melhorar a iluminação. Caso necessite, o serviço será feito. Em relação aos equipamentos quebrados, a Secretaria de Infraestrutura informa que eles são novos e que foram alvos de vandalismo, mas o reparo será providenciado.

Sobre o lixo, a Empresa Municipal de Limpeza Urbana informou que há descarte irregular de lixo de forma contínua, e que há um canal de atendimento, o Disk Emlurb (0800 023 2626).

Governo Federal rebate a Prefeitura

Já o Ministério da Cidadania, que incorporou a pasta do Esporte, contestou a nota da Prefeitura:

‘‘Não procede a informação de que houve atraso na liberação dos recursos federais para a construção do complexo esportivo no bairro Cobrex. O início da obra não foi autorizado pela Caixa devido a irregularidades do município junto ao Cadastro Único de Convênios (CauC) e a pendências na entrega da documentação exigida’’, informou o ministério.

Em relação à insegurança no local, a Polícia Militar informou que o comando do 20º BPM (Mesquita) emprega seu efetivo no policiamento em viaturas, motocicletas e a pé. As ações são realizadas rotineiramente com o objetivo de reprimir práticas criminosas na área de atuação do batalhão.

você pode gostar também
Comentários
Loading...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais