Nova Iguaçu Online
Notícias de Nova Iguaçu todo dia

Decreto autoriza a realização de eventos em centros de convenções e hotéis

O Governo do Estado do Rio autorizou a realização de eventos corporativos, congressos, feiras e convenções no território fluminense, desde que respeitados o limite de 1/3 da capacidade total do local. A medida, incluída no decreto 47.219, foi publicada no Diário Oficial desta terça-feira (25).

Ainda de acordo com o decreto, os eventos devem assegurar a contenção do acesso ao interior do estabelecimento, evitar aglomeração, respeitando a distância mínima de 1 metro entre as pessoas, inclusive nas áreas de acesso.

A atualização do decreto foi possível após reuniões entre o subsecretário de Eventos, Rodrigo Castro, representando a Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa; o Chefe da Casa Civil, André Moura; e a secretária Extraordinária da Covid-19, Flávia Barbosa.

– Sempre valorizamos o diálogo com o setor cultural para tomar as decisões. Escutamos todos os envolvidos para definir as ações da retomada das atividades do setor, sempre respeitando os protocolos de saúde – avalia a secretária de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio, Danielle Barros.

No dia 12 de agosto, foi liberada a realização de eventos sociais em ambientes como salões e casas de festa nas regiões de estado onde foi verificado baixo risco de propagação do novo coronavírus. Nesses estabelecimentos, também deve ser observado o limite de 1/3 da capacidade do estabelecimento, com no máximo 500 pessoas.

– Estamos avançando na retomada da economia e geração de empregos, com a flexibilização dos eventos, seguindo todas as medidas de saúde necessárias. Agora estamos no caminho certo e em consonância com o que já está liberado também pela Prefeitura do Rio – disse o subsecretário de Eventos da Sececrj, Rodrigo Castro.

O cenário epidemiológico atual e a capacidade instalada do sistema de saúde, estando as regiões Centro Sul e Médio Paraíba em nível de risco moderado e as regiões Baía da Ilha Grande, Baixada Litorânea, Metropolitana I, Metropolitana II, Noroeste, Norte e Serrana em nível de risco baixo para a COVID-19.

Os municípios têm autonomia para manter suas determinações e regras.

você pode gostar também
Comentários
Loading...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais