Nova Iguaçu Online
Notícias de Nova Iguaçu todo dia

PM faz operação em comunidade de Nova Iguaçu invadida por traficantes

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI

Policiais militares fizeram uma grande operação, na manhã desta terça-feira, para impedir que traficantes do Morro do Castelar, em Belford Roxo, se instalem na comunidade Morro da Bacia, no bairro Ambaí, em Nova Iguaçu. O tenente-coronel Marco Antônio Melo, comandante do 20ºBPM (Nova Iguaçu), disse a ação foi planejada após receber denúncias de moradores sobre a presença ostensiva de homens armados na comunidade e a instalação de barricadas em várias ruas.

Na chegada dos policiais, houve um breve confronto entre policiais e traficantes, mas não houve feridos. Um homem, com uma réplica de pistola, foi preso.

— Montamos essa ação hoje, com o apoio do 15ºBPM (Duque de Caxias), para impedir que esses bandidos instalem bocas de fumo na comunidade. O policiamento está reforçado na região. Manteremos as ações policiais intensificadas no local, por tempo indeterminado, visando manter a paz no local — disse o comandante.

Moradores relatam uma rotina de medo desde que os traficantes começaram a circular pela comunidade. Um morador, que pediu para não ser identificado por temer represálias, relata como foi a chegada dos bandidos de Belford Roxo:

— Na semana passada, um caminhão chegou aqui na Bacia com muitos homens armados dentro. Eles chegaram durante a noite. Quando saíram do veículo, falavam alto para avisar que que estavam vindo do Morro do Castelar para tomar a localidade conhecida como Bacia . Encheram as ruas de barricadas. Isso é um absurdo. Tiraram o direito dos moradores de ir e vir. Ficamos reféns dessa situação.

Retirar as barricadas era um dos principais objetivos da ação da Polícia Militar, que teve apoio de carro blindado, além de retroescavadeira e caminhões. Os obstáculos eram feitos de manilhas de concreto, galhos de árvores e tudo que os bandidos pudessem colocar para impedir a entrada de carros da polícia na região.

— Esse cenário de mudança, ocorrido em poucas semanas, deixou os moradores da comunidade assustados. O Morro da Bacia é um local que não tinha presença de um tráfico forte. Quem mora aqui começou a ver isso mudar e ficou temeroso — avalia o coronel Marco Melo.

Morador antigo do Morro da Bacia, José (nome fictício) é pai de um menino de 10 anos. Desde a invasão dos traficantes, a criança está proibida de brincar na rua, o que fazia parte da rotina:

— Aqui era um bairro tranquilo. Meu filhos e os amiguinhos estavam acostumados a brincar na rua. Agora vivemos uma rotina de medo. A violência chegou na porta da nossa casa. Tomara que as autoridades consigam recuperar essa área.

Locais como a Avenida Goiânia, Rua Yula e Buraco do Boi receberam reforço no policiamento. Segundo o comandante, o policiamento ostensivo permanecerá.

O tenente-coronel Marco Melo assumiu comando do 20ºBPM, que atende as municípios de Mesquita, Nova Iguaçu e Nilópolis, há 40 dias. Antes, Melo esteve dois à frente do 15ºBPM (Duque de Caxias). O comandante, que tem 26 anos como militar, é bacharel em Direito e mestre em Gestão pela Universidade Federal Fluminense (UFF).

Fonte: Extra
Inscreva-se em nossa Newsletter
Cadastre e receba notícias direto para seu email
Você pode se desinscrever a qualquer momento
você pode gostar também
Comentários
Loading...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais