Nova Iguaçu Online
Notícias de Nova Iguaçu todo dia

Decoração de garrafas pet chama atenção em Nova Iguaçu

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI

Quem passa pela Rua Waldete Charmom do Carmo Lima, no bairro Monte Líbano, fica impressionado com a decoração de Natal da casa de número 62. É que a advogada e artesã Bernardete Goulart, de 57 anos, defensora da natureza e apaixonada pela época do Natal, criou esculturas com garrafas pet para sua decoração. São 12 peças que fazem os olhos de crianças, jovens e idosos brilharem.

Segundo ela, tudo teve início há 12 anos, quando criou somente um boneco e uma árvore sustentáveis. Como o interesse foi grande, Bernadete se sentiu motivada para, no ano seguinte, aumentar o número de personagens expostos.

“É prazeroso observar as pessoas tirando fotos, admirando meu trabalho. Posso dizer que me sinto motivada a produzir mais peças e, claro, contribuir para a preservação do meio ambiente e resgatar o espírito natalino”, destaca a artesã.

Bernardete se planeja muito bem para a produção das esculturas. O trabalho artesanal começa em agosto para que elas estejam expostas na calçada da residência a partir de 25 de novembro. Somente para terminar as esculturas maiores, ela leva cerca de 20 dias.

Empenhada em tornar o mundo melhor, a moradora da Baixada faz uma espécie de poupança para a manutenção das esculturas, como pinturas, acabamentos e iluminação que custam cerca R$ 3 mil. Com a iniciativa da artesã, o ambiente é poupado de receber em média 3 mil garrafas pet.

_decoracao_de_natal noite
Foto: Arquivo Pessoal / Divulgação

Toda dedicação à natureza e ao Natal já resultou em vitórias para Bernardete que, ao participar de concursos de decoração natalina, ultrapassou todos os concorrentes.

“Eu venci em primeiro lugar, em 2010, e o segundo lugar, em 2011, os concursos de decoração de Natal mais bonita, promovidos pela Prefeitura de Nova Iguaçu”, destaca, orgulhosa.

O que deixa a artesã preocupada é o vandalismo. “Infelizmente, existem vândalos que tentam destruir meu trabalho. Já arrebentaram a mangueira de led, roubaram enfeites da árvore de Natal, cortaram pisca-pisca, mas mesmo assim não destruíram o meu espírito natalino”, finaliza a protetora do Natal e da natureza.

Fonte: O Dia
Inscreva-se em nossa Newsletter
Cadastre e receba notícias direto para seu email
Você pode se desinscrever a qualquer momento
você pode gostar também
Comentários
Loading...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais