Nova Iguaçu Online
Notícias de Nova Iguaçu todo dia

Índice de Crimes Violentos Letais Intencionais atinge o menor patamar desde 1999

PÁGINA INICIAL > IMPRENSA > NOTÍCIAS

Moskow

Índice de Crimes Violentos Letais Intencionais atinge o menor patamar desde 1999

18 de dezembro de 2020

 

O Instituto de Segurança Pública (ISP) registrou queda de 12% nos Crimes Violentos Letais Intencionais entre os meses de janeiro e novembro de 2020 na comparação com o mesmo período de 2019. Este é o menor valor para o indicador – que engloba as vítimas de homicídio doloso, roubo seguido de morte e lesão corporal seguida de morte – desde 1999.

 
Os homicídios dolosos mantiveram a tendência de redução nos 11 meses analisados de 2020. Houve redução de 11% se comparado com o acumulado do ano passado, chegando ao menor valor para o período desde 1991, quando teve início a série histórica do ISP. As mortes por intervenção de agente do Estado apresentaram diminuição de 31% no acumulado do ano na comparação com o mesmo período de 2019 – este foi o menor valor para o período desde 2018. Em relação ao mês de outubro, a queda foi de 45%.

 
O roubo de cargas também continua em queda no estado. O crime caiu 36% em novembro de 2020 contra o mesmo mês de 2019. No acumulado do ano, o declínio foi de 34% na comparação com 2019. De acordo com estudo divulgado pelo ISP em outubro, que cruzou dados dos usuários do Google com os registros de ocorrência da Secretaria de Estado de Polícia Civil, a queda dos roubos de carga, ao contrário dos demais crimes contra o patrimônio, não tem correlação estatística com o isolamento social por conta do coronavírus.

 
Já os roubos de rua e roubos de veículos continuam apresentando quedas expressivas, que podem ser justificadas pelo menor movimento nas ruas. Em novembro de 2020, o roubo de rua e roubo de veículos tiveram queda de 33% e 30%, respectivamente, quando comparado com o mesmo mês de 2019. Vale salientar que, nos últimos três meses, a quantidade de pessoas que ativaram os dados de localização do Google dentro de uma residência se mantiveram em patamares estáveis em todas as regiões do estado.

 
Indicadores estratégicos

 
– Homicídio doloso: 3.257 vítimas nos 11 meses de 2020 e 324 em novembro – este foi o menor valor para o acumulado do ano desde o início da série histórica em 1991. Na comparação com o ano passado, o indicador apresentou queda de 11% em relação ao acumulado do ano e aumento de 1% em relação a novembro de 2019.

– Crimes violentos letais intencionais (homicídio doloso, roubo seguido de morte e lesão corporal seguida de morte): 3.364 vítimas nos 11 meses de 2020 e 334 em novembro – esses valores representam o menor para o acumulado e para o mês desde o início da série histórica em 1999. Na comparação com o ano passado, o indicador apresentou queda de 12% em relação ao acumulado do ano e de 1% em relação a novembro de 2019.

– Roubo seguido de morte (latrocínio): 79 vítimas nos 11 meses de 2020 e oito em novembro – este foi o menor valor para o acumulado do ano desde o início da série histórica em 1991. Na comparação com o ano passado, o indicador apresentou 33 mortes a menos em relação ao acumulado do ano e seis vítimas a menos em relação a novembro.

– Morte por intervenção de agente do Estado: 1.160 mortes nos 11 meses de 2020 e 80 em novembro. Na comparação com o ano passado, o indicador apresentou queda de 31% em relação ao acumulado do ano e de 42% em relação a novembro.

– Roubo de carga: 4.527 casos nos 11 meses de 2020 e 331 em novembro. Na comparação com o ano passado, o indicador apresentou queda de 34% em relação ao acumulado do ano e de 36% em relação a novembro.

– Roubo de veículo: 23.127 ocorrências nos 11 meses de 2020 e 2.083 em novembro. Na comparação com o ano passado, o indicador apresentou queda de 37% em relação ao acumulado do ano e de 30% em relação a novembro.

– Roubo de rua (roubo a transeunte, roubo de aparelho celular e roubo em coletivo): 66.434 registros nos 11 meses de 2020 e 5.771 em novembro. Na comparação com o ano passado, o indicador apresentou queda de 41% em relação ao acumulado do ano e de 33% em relação a novembro.

 
Os dados divulgados pelo Instituto de Segurança Pública (ISP) são referentes aos registros de ocorrência lavrados nas delegacias de Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro no mês de novembro. Para mais informações sobre os indicadores, acesse o site do ISP.

 

 

você pode gostar também
Comentários
Loading...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais