Nova Iguaçu Online
Notícias de Nova Iguaçu todo dia

Banco de Leite Humano: Hospital Estadual Adão Pereira Nunes (HEAPN) busca doadoras

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI
PÁGINA INICIAL > IMPRENSA > NOTÍCIAS

Divulgação

Banco de Leite Humano: Hospital Estadual Adão Pereira Nunes (HEAPN) busca doadoras

19 de dezembro de 2020

De acordo com a pediatra do Banco de Leite, do Hospital Estadual Adão Pereira Nunes, Saracuruna, em Duque de Caxias, Lucila Bragantini, fazer parte do Banco de Leite Humano é muito mais fácil do que as pessoas imaginam. Segundo a profissional, os pré-requisitos são poucos: a mulher precisa ter um bebê que está amamentando e este bebê tem que estar evoluindo bem de peso e crescimento.

– Não tem uma quantidade mínima para doar. Qualquer quantidade é bem-vinda. Porque a gente às vezes tem bebê na UTI que ele precisa tomar por dia só 2 ml de leite. Então, qualquer quantidade que a doadora queira doar, vai ser ótimo. Ela só precisa ser saudável – explica a pediatra.

 

Para as mamães que querem doar, mas não podem ir até a unidade, o hospital tem a solução: há a possibilidade dos profissionais irem até a residência buscar o leite. O hospital pode fazer a coleta do material sempre que uma mãe entra em contato.

A partir do momento que a mãe se dispõe a doar, ela precisa ter os exames de rastreio (feitos na própria unidade) para não haver chance do leite passar alguma doença ao bebê que vai recebê-lo. A doadora vai ser avaliada com exames físicos e exame de sangue. A partir do momento que o leite é doado, ele é pasteurizado e depois passado para o bebê.

O leite materno tem fatores de proteção capazes de aumentar a imunidade e as defesas do bebê prematuro.

 

– O bebê prematuro, como não tem defesa e vai para a UTI Neonatal, tem muitas chances de se infeccionar. Pode ter problema de infecção sanguínea, meningite, alteração na parte gastrointestinal, diarreia, pode ter tudo isso, e o leite humano quando doado, dará uma proteção para este bebê. Os bancos de leite surgiram para dar possibilidade do bebê que não tem a capacidade de sugar o seio materno, porque nasceu muito prematuro, porque não tem maturidade para sugar, respirar e engolir ao mesmo tempo, ter a possibilidade de ter uma defesa através do leite humano doado de outras mães – disse.

 

Dúvidas sobre a doação de leite materno pode ser tiradas com a unidade pelo disque amamentação, no número (21) 3675-0910. O atendimento é 24h.

você pode gostar também
Comentários
Loading...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais