Nova Iguaçu Online
Notícias de Nova Iguaçu todo dia

Ações do governo do estado fomentam cena cultural do Rio durante pandemia

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI
PÁGINA INICIAL > IMPRENSA > NOTÍCIAS

Moskow

Ações do governo do estado fomentam cena cultural do Rio durante pandemia

26 de dezembro de 2020


A Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa (SCEC) lançou o edital “Cultura Presente nas Redes” durante a quarentena para fomentar propostas culturais que pudessem ser executadas e transmitidas via internet por artistas em todo território fluminense. Foram selecionadas 1.500 apresentações com premiação de R$ 2,5 mil, em mais de 60 cidades, com quase R$ 4 milhões de investimento. Os recursos utilizados foram do Fundo Estadual de Cultura. O objetivo foi proporcionar a realização de atividades culturais via internet no período de isolamento social, devido a pandemia da Covid-19.

– Essa iniciativa foi uma solução em um momento de muita tensão, num momento em que todas as atividades presenciais estavam canceladas. Foi uma forma de dar continuidade ao meu ano. Fiz uma transição, todo o meu trabalho que seria presencial passou a acontecer de forma virtual – ressaltou a artesã Natacha Barbosa (foto), que apresentou seus produtos nas redes sociais durante o período em que as feiras ficaram fechadas.

Fundo Estadual de Cultura 


O edital “Cultura Presente nas Redes” é uma das iniciativas da SCEC para fomentar a cena cultural do Rio durante a pandemia da Covid-19. Após 22 anos, os recursos do Fundo Estadual de Cultura (que conta com cerca de R$ 27 milhões) podem ser utilizados em outros programas para fomentar cultura em todo território fluminense.

Outro projeto de destaque em 2020 executado pela SCEC, em parceria com a Ancine, foi o “Cinema da Cidade”. A iniciativa tem o objetivo de construir ou reformar cinco salas de cinema em municípios do interior onde não há esse tipo de serviço: Cordeiro, São Pedro da Aldeia, São Fidélis, Miracema e Bom Jardim. No total, o investimento será de mais de R$ 18 milhões (80% de contrato de repasse da União e 20% de contrapartida do Estado). Iniciadas em agosto de 2019 e paralisadas por causa da pandemia, as obras em Cordeiro foram retomadas em junho deste ano. A previsão para o término do serviço é no primeiro semestre de 2021. As demais cidades estão no processo de licitação. Também no ano de 2020, a Lei de Incentivo à Cultura possibilitou a democratização do incentivo fiscal com mais de 70 projetos aprovados. Houve aumento de 40% de atrações culturais no interior do estado e investimento de mais de R$ 60 milhões.
você pode gostar também
Comentários
Loading...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais