Nova Iguaçu Online
Notícias de Nova Iguaçu todo dia

Escola promove formatura nas casas de alunos no Noroeste Fluminense

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI
PÁGINA INICIAL > IMPRENSA > NOTÍCIAS

Divulgação

Escola promove formatura nas casas de alunos no Noroeste Fluminense

1º de janeiro de 2021

 

O final do ano letivo de 2020 foi diferente dos outros, mas não menos importante. Apesar das restrições impostas pela pandemia da Covid-19, as escolas da rede estadual fluminense não deixaram suas turmas sem a celebração da formatura do Ensino Médio. Gestores e professores saíram em busca de soluções criativas, inovadoras e seguras para comemorar uma data tão especial na vida desses jovens.

 

Um dos exemplos mais emocionantes foi o do Colégio Marcílio Dias, localizado em uma área rural de Bom Jesus do Itabapoana, no Noroeste Fluminense. Como não seria possível reunir todos os alunos e familiares no mesmo espaço, a escola promoveu uma formatura itinerante. O diretor e um grupo de professores foram até as casas dos alunos para realizar a solenidade, com direito a Hino Nacional, juramento e fotos.

 

Diretor da unidade desde 2018, o professor Bruno Borges do Carmo pensou em uma forma de não deixar passar em branco esse momento e em fazer não só a formatura, mas levar um jantar para que as famílias celebrassem. Para garantir a segurança, a cerimônia foi organizada na área externa das residências e com todos os profissionais da escola usando máscaras.

 

– Nós sempre fazemos festa de formatura no colégio, com festa e comemoração, esse ano não poderia ser diferente. Então surgiu a ideia da formatura itinerante. Levamos jantar para as famílias, fizemos fotos, vídeos, todo o ritual de formatura, com tudo o que eles merecem. Já tivemos oito alunos aprovados em faculdades, mesmo sem o Enem, estamos muito felizes com isso. Eu e minha equipe amamos o que fazemos, e esse é o resultado de que tudo vale a pena – destacou.

 

O professor explicou como conseguiu manter o interesse dos alunos, mesmo com a escola fechada no período de pandemia.

 

– Desde o início da pandemia, a minha grande preocupação sempre foi não deixar nenhum aluno para trás e sem qualidade de ensino. Nós somos da Zona Rural, muitos estudantes têm acesso à internet, mas outros não possuem. Nós montamos uma equipe para levar material e auxiliar os estudantes com o uso da plataforma on-line. Conseguimos abraçar todos os alunos, ninguém ficou desassistido nesse período. Os pais ajudaram muito, nós fizemos grupos de contato com orientações, realizamos concursos e conseguimos muito sucesso na parte pedagógica – contou, orgulhoso.

 

A aluna Luciana da Silva Oliveira, de 18 anos, ficou surpresa e feliz quando soube que não ficaria sozinha no último ano. Estudante do colégio desde que tinha 12 anos, ela afirma que a escola não deixou que ninguém desistisse, lembrando que, nesse período, a unidade escolar promoveu diferentes concursos (literário e esportivo, por exemplo).

 

– Minha família e eu ficamos felizes com essa formatura diferente no meio da pandemia – ressaltou a estudante.

 

Carlos Daniel Pádua Sá, de 17 anos, que estuda no colégio desde 2014, resumiu o que sentiu.

 

– Quando eu soube que haveria formatura, fiquei muito feliz. Tudo foi feito com muito amor. Foi uma formatura simples, mas sensacional – comemorou.

Inscreva-se em nossa Newsletter
Cadastre e receba notícias direto para seu email
Você pode se desinscrever a qualquer momento
você pode gostar também
Comentários
Loading...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais