Nova Iguaçu Online
Notícias de Nova Iguaçu todo dia

Inea faz reciclagem com os condutores de visitantes

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI
PÁGINA INICIAL > IMPRENSA > NOTÍCIAS

Rafael Oliveira

Inea faz reciclagem com os condutores de visitantes

3 de janeiro de 2021

 

Por Vinicius Monteiro 

 

O Instituto Estadual do Ambiente (Inea) está oferecendo cursos de reciclagem para condutores de visitantes em Unidades de Conservação (UC). O objetivo é que eles atuem em Parques Estaduais cujos administradores tenham percebido um aumento do público.

 

Um desses locais é o Parque Estadual da Serra da Tiririca (PESET), que abrange áreas dos municípios de Niterói e Maricá, na Região Metropolitana do Rio. Lá, Jacqueline Ribeiro, bióloga e taxidermista de 53 anos, trabalha aos finais de semanas e feriados como condutora, informando sobre a história de criação do parque, importância das UCs e toda a biodiversidade da Mata Atlântica e seus ecossistemas associados.

 

Moradora há 30 anos do Engenho do Mato, bairro niteroiense que fica no entorno do Parque, Jacqueline já passou pelo curso de formação e por dois processos de recredenciamentos, que a autorizaram a trabalhar por mais dois anos e também a participar como voluntária no cuidado do acervo de animais conservados.

 

– Já guiei muito conhecidos pela região e acabei estabelecendo uma relação de confiança na condução de visitantes com moradores daqui. Isso tudo gerou em muitas pessoas o sentido de pertencimento ao patrimônio que está tão perto de nós – afirmou a condutora.

 

Os condutores de visitantes têm uma formação focada em temas relacionados a uma UC específica. Essa ação promove oportunidades de trabalho e renda para moradores que residem próximo aos Parques Estaduais. Os profissionais selecionados passam por capacitação e treinamentos específicos, promovendo uma maior segurança para os visitantes e trazendo mais informações sobre a história, fauna e flora do local.

 

Desde 2016, o Inea capacitou 231 condutores, que foram credenciados para atuar em oito Unidades de Conservação do Estado do Rio de Janeiro. O número de condutores de visitantes formados varia de acordo com a demanda das Unidades de Conservação.

 

São 38 Unidades de Conservação no Estado do Rio de Janeiro, espaços territoriais com características naturais relevantes e objetivos de conservação aos quais se aplicam garantias adequadas de proteção. Essas áreas se dividem em dois grandes grupos: as de Proteção Integral, onde se admite o uso indireto dos seus recursos naturais, e as de Uso Sustentável, que permitem compatibilizar a conservação da natureza com o uso de uma parcela dos seus recursos naturais.

 

Em 2020, em função da pandemia, não houve nenhum processo de formação de novos condutores. Foram realizados apenas processos de recredenciamento de condutores já formados. Essas credenciais são renovadas periodicamente, após a realização de cursos de reciclagem.

– A pandemia exigiu ainda mais responsabilidade dos guias e condutores de visitantes, já que o Inea estabeleceu critérios de segurança sanitários rigorosos para permitir a reabertura de algumas trilhas e atrativos que recebem um grande número de visitantes – explicou Geisy Leopoldo, bióloga da Diretoria de Biodiversidade, Áreas Protegidas e Ecossistemas.

 

Para informações sobre os parques (ou as unidades de conservação), visite o site http://parquesestaduais.inea.rj.gov.br/inea/, onde você encontra as informações para tornar seu passeio agradável e seguro, além de saber sobre os locais abertos e fechados, e ainda a relação dos condutores credenciados.

você pode gostar também
Comentários
Loading...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais