Nova Iguaçu Online
Notícias de Nova Iguaçu todo dia

Produtor rural foi o foco da Secretaria de Agricultura durante ano de pandemia

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI
PÁGINA INICIAL > IMPRENSA > NOTÍCIAS

Demóstenes Ramos

Produtor rural foi o foco da Secretaria de Agricultura durante ano de pandemia

9 de janeiro de 2021
 

Em um ano marcado pela pandemia da Covid-19, a Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento teve como foco o apoio aos pequenos e médios produtores rurais. Entre as principais ações que beneficiaram os agricultores, destaque para parceria com a iniciativa privada que garantiu espaço para mais de 500 produtores nas gôndolas de supermercados, crédito de R$ 3,6 milhões de agricultores e 434 agroindústrias já foram cadastradas pela Secretaria de Agricultura e mais de 20 solicitações estão em análise no Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI-POA).

Além dessas ações, a pasta intensificou medidas para assegurar o escoamento e a comercialização da produção e garantir o abastecimento em todo estado do Rio de Janeiro mesmo diante da pandemia. Foram criadas campanhas e parcerias para estimular o consumo dos produtos locais e escoar a produção para novos mercados, fundamental para reduzir as perdas dos produtores fluminenses.

– Nosso foco inicial era não deixar que o estado sofresse um desabastecimento. E conseguimos. Em paralelo, fomos para próximo dos produtores, com o objetivo de viabilizar novos canais de venda, incentivar o consumo dos produtos do nosso agro e viabilizar recursos emergenciais para os que sofreram impacto nas suas produções. A agropecuária, por exemplo, fechou 2020 com saldo positivo em postos de trabalho. A atuação do governador em exercício, Cláudio Castro, traz excelentes perspectivas para o setor em 2021 – afirmou o secretário de Agricultura, Marcelo Queiroz.

A pasta estabeleceu parceria inédita com a Associação de Supermercados do Estado do Rio de Janeiro (ASSERJ), que possibilitou que pequenos e médios produtores rurais disponibilizassem seus produtos nas grandes redes. A iniciativa abriu mais uma possibilidade de mercado aos agricultores fluminenses e beneficiou mais de 110 produtores rurais diretamente e 420 agricultores de forma indireta, em 7 municípios.

Agrofundo

Em 2020, o Agrofundo, programa de fomento agropecuário e tecnológico da secretaria de Agricultura, que concede financiamentos a juros baixos, beneficiou mais de 190 produtores em 40 municípios, totalizando R$ 3,6 milhões em créditos concedidos para incremento das produções de frutas, flores, mel, leite e ovos, entre outros.

No mês de junho, o estado do Rio de Janeiro recebeu a certificação do Ministério da Agricultura de adesão ao Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI-POA), que autoriza a comercialização de produtos de origem animal, como carnes e derivados. A ação ampliou as opções de venda para os produtores. Até o momento 434 agroindústrias já foram cadastradas e mais de 20 solicitações estão em análise.

Por meio do trabalho de mobilização da equipe da Defesa Agropecuária, o Governo do Estado bateu o recorde dos últimos 5 anos na primeira etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa, registrando 93% do índice vacinal. Além disso, foram realizadas mais de 5 mil ações de fiscalização em agroindústrias, propriedades rurais e inspeção em produtos.

– O ano de 2021 se inicia com boas perspectivas para o setor agropecuário do estado, em especial pelo incremento das parcerias com entidades públicas e privadas, o fortalecimento das relações institucionais com o Governo Federal e a manutenção dos trabalhos intensos de pesquisa, assistência técnica e extensão rural – pontua Queiroz.

você pode gostar também
Comentários
Loading...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais