Nova Iguaçu Online
Notícias de Nova Iguaçu todo dia

Rio inicia distribuição de seringas e agulhas para os municípios

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI

O governo do Rio deu início, neste sábado (16), à distribuição do primeiro lote de seringas para a campanha de vacinação contra a covid-19. Ao todo, nesta primeira fase, a Secretaria de Saúde (SES) enviará 5,5 milhões de seringas descartáveis de 3 milímetros (ml) com agulha aos 92 municípios do estado.

A operação para a entrega do material, em apenas quatro dias para todos os municípios, tem o apoio da Polícia Militar (PM). A PM dará suporte, com 17 comboios, fazendo a escolta dos veículos da secretaria que levarão as seringas para as cidades. Cem policiais militares participarão diariamente da ação, que será monitorada pelo Centro Integrado de Comando e Controle (CICC).

Na última quarta-feira (13), a SES encaminhou aos secretários municipais de Saúde um ofício recomendando que as seringas sejam de uso exclusivo da campanha de vacinação contra a covid-19. O material corresponde ao mesmo número de doses que serão necessárias para imunizar a população, que se encaixa nas quatro fases iniciais da vacinação.

O governador Claudio Castro disse que está tudo pronto para a vacinação. “Estamos prontos para vacinar a população fluminense. Agora, é hora de cada cidade do estado receber seringas e agulhas para a primeira fase de imunização. Cada cidadão, de forma igualitária e seguindo o Plano Nacional de Imunização, terá direito à vacina, de Natividade à Paraty”, disse.

O secretário de Saúde, Carlos Alberto Chaves, destacou a experiência dos profissionais de saúde em ações de vacinação desse tipo. “A secretaria já tem em sua rotina as vacinações pelo SUS e histórico de grandes campanhas de imunização. Estamos preparados para dar início à vacinação. A distribuição das seringas é mais um passo desse processo para garantir que toda a população do Estado seja vacinada”, disse.

Outro lote

Em dezembro do ano passado, a SES recebeu 8 milhões de agulhas e seringas adquiridas por meio de licitação. Um segundo lote, com mais 8 milhões de agulhas e seringas, tem previsão de entrega à secretaria, em fevereiro. Esse material foi comprado a R$ 0,17 a unidade, abaixo do valor estabelecido nas atas de preço vigentes. Outro processo de aquisição, de mais 50 milhões de agulhas e seringas, já foi iniciado e estará concluído para as fases seguintes da campanha de vacinação contra a covid-19.

Plano Nacional de Imunização

A SES vai seguir o Plano Nacional de Imunização (PNI), do Ministério da Saúde (MS), que prevê a distribuição de vacinas contra a covid-19 para todos os estados do país. O PNI ocorrerá inicialmente em quatro fases, obedecendo a critérios logísticos de recebimento e distribuição das doses.

Fases da vacinação

A primeira fase prioriza os trabalhadores da saúde, a população idosa a partir de 75 anos de idade, pessoas com 60 anos ou mais que vivem em instituições de longa permanência (asilos e instituições psiquiátricas) e população indígena; a segunda fase inclui pessoas de 60 a 74 anos;  a terceira prevê a vacinação de pessoas com comorbidades e, por isso, maior risco de agravamento da doença (como portadores de doenças renais crônicas e cardiovasculares) e  a quarta fase abrangerá professores, forças de segurança e salvamento, funcionários do sistema prisional e população privada de liberdade.

Inscreva-se em nossa Newsletter
Cadastre e receba notícias direto para seu email
Você pode se desinscrever a qualquer momento
você pode gostar também
Comentários
Loading...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais