Nova Iguaçu Online
Notícias de Nova Iguaçu todo dia

Governador em exercício recebe lideranças no Dia de Combate à Intolerância Religiosa

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI
PÁGINA INICIAL > IMPRENSA > NOTÍCIAS

Rogério Santana

Governador em exercício recebe lideranças no Dia de Combate à Intolerância Religiosa

21 de janeiro de 2021

O governador em exercício Cláudio Castro recebeu nesta quinta-feira (21/01), Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa, lideranças que entregaram um documento pedindo a sanção de projetos que tramitam na Assembléia Legislativa do Rio garantindo apoio às vítimas de intolerância religiosa. No encontro foi destacado o trabalho da Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi), unidade da Secretaria de Polícia Civil que investiga esse tipo de crime e tem parceria com instituições para acolhimento e garantia de direitos.

 

De acordo com o Instituto de Segurança Pública (ISP) – uma autarquia do Governo do Estado -, em 2020 foram contabilizados 23 casos de ultraje a culto religioso em todo o estado do Rio de Janeiro. Esse tipo de crime é determinado pela ridicularização pública, impedimento ou perturbação de cerimônia religiosa. No total, as delegacias da Secretaria de Polícia Civil fizeram 1.355 registros de ocorrência de crimes que podem estar relacionados à intolerância religiosa em 2020, ou seja, mais de 3 casos por dia. Nesse contexto se incluem ainda os casos de injúria por preconceito (1.188 vítimas); e preconceito de raça, cor, religião, etnia e procedência nacional (144).

 

A delegada Márcia Noeli, titular da Decradi, destacou a importância da denúncia e da mobilização da sociedade:

 

– Além das investigações que nós fazemos na Decradi, é muito importante que toda sociedade se una na luta contra a intolerância religiosa. Quem sofre esse tipo de crime deve procurar a delegacia para registrar. O registro é importante para que a gente investigue e puna esses autores.

 

Além da delegada Márcia Noeli, estiveram no encontro com o governador em exercício Cláudio Castro o diácono Nelson Águia, da Arquidiocese do Rio de Janeiro; Márcio de Jagun, babalorixá representante das matrizes africanas; Fernando Celino, lider muçulmana sunita, da Mesquita da Luz; Papiõn Cristiane Santos, indígena do OCA (Observatório Cultural das Aldeias); o pastor José Roberto Cavalcante, da Igreja Presbiteriana Unida; Luzia Lacerda, do Instituto Expo Religião; o deputado estadual Átila Nunes e o vereador Átila Alexandre Nunes .

Inscreva-se em nossa Newsletter
Cadastre e receba notícias direto para seu email
Você pode se desinscrever a qualquer momento
você pode gostar também
Comentários
Loading...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais