Bem-vindo ao Nova Iguaçu Online   Click to listen highlighted text! Bem-vindo ao Nova Iguaçu Online
Nova Iguaçu Online
Notícias de Nova Iguaçu todo dia

Estado articula ações de ajuda humanitária para o Noroeste Fluminense

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI
PÁGINA INICIAL > IMPRENSA > NOTÍCIAS

Divulgação

Estado articula ações de ajuda humanitária para o Noroeste Fluminense

22 de fevereiro de 2021

 

O Governo do Estado, por meio das secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Saúde e Defesa Civil e Corpo de Bombeiros, está com equipes no Noroeste Fluminense, desde o último domingo (21/02), para articular ações humanitárias junto aos municípios atingidos pela forte chuva e a consequente cheia dos rios Carangola, Muriaé e Itabapoana. Bom Jesus do Itabapoana e Porciúncula foram as cidades priorizadas por terem sido as mais atingidas.

 

– A estrutura do Estado está mobilizada para atender o Noroeste do Rio de Janeiro, que contabiliza cerca de três mil desalojados após a forte chuva que atingiu a região no fim de semana. O protocolo do Plano Estadual de Contingência de Chuvas foi acionado, e as ações coordenadas já estão sendo postas em prática – ressaltou o governador em exercício Cláudio Castro.

 

As equipes da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos prestaram assessoria e apoio na montagem dos abrigos e orientaram as prefeituras locais quanto ao termo de aceite para solicitação de cofinanciamento federal para o Serviço de Proteção em Situações de Calamidades Públicas e Emergências. Foram distribuídos aos abrigos provisórios municipais máscaras e álcool como medida de prevenção à Covid-19.

 

– Em virtude da previsão de chuvas moderadas a fortes para as regiões ainda nesta terça-feira (23/02), estamos em permanente contato com as gestões das cidades da região Noroeste, monitorando e prestando o atendimento necessário. A equipe estadual permanecerá de prontidão nos territórios e acompanhará as demandas durante todo o dia – afirmou o secretário de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Bruno Dauaire.

 

Ao todo, em Bom Jesus do Itabapoana, há 53 desalojados e 13 famílias desabrigadas. No momento, dois abrigos provisórios estão em funcionamento na cidade. Já em Porciúncula, 80% do município foram atingidos pela cheia do Rio Carangola, e cerca de 126 famílias estão em situação de vulnerabilidade social. Até o momento, foram instalados quatro abrigos provisórios.

 

A equipe da Superintendência de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Sievs) da Secretaria de Estado de Saúde está em contato com as secretarias municipais da região para organizar o envio de materiais e medicações. As ações estão sendo feitas com interlocução junto ao Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Rio de Janeiro (Cosems-RJ).

 

– Estamos aproveitando a entrega das vacinas hoje na Região Noroeste para fazermos reunião com prefeitos e secretários de Saúde das regiões atingidas. É importante vermos de perto as demandas dessas cidades para que possamos contribuir com o envio de materiais e medicações – disse o secretário estadual de Saúde, Carlos Alberto Chaves.

 

Defesa Civil está em alerta

 

A Defesa Civil, por meio do Centro Estadual de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais (Cemaden-RJ), informa que os níveis dos rios da região já estão baixando, mas o monitoramento dos índices pluviométricos ainda segue em alerta. Em Porciúncula, o Corpo de Bombeiros está auxiliando na limpeza das vias principais da cidade. Além disso, a Secretaria de Defesa Civil auxiliou o município com documentação para reconhecimento de Situação de Emergência.

 

Neste domingo, foi anunciado que o Governo do Estado vai doar, em parceria com a LBV – integrante da Rede Salvar de Voluntários -, cerca de 1,2 mil litros de água, 200 cestas básicas e carros-pipa para as famílias afetadas pela elevação do nível do rio Carangola.

 

– Sobrevoei a região no domingo, estive nas áreas mais críticas e me reuni com representantes da administração municipal. O governador Cláudio Castro está atento à situação e disponibilizou a estrutura do estado para atender às necessidades da população local e auxiliar no processo de reestruturação – disse o secretário de Estado de Defesa Civil, coronel Leandro Monteiro.

Inscreva-se em nossa Newsletter
Cadastre e receba notícias direto para seu email
Você pode se desinscrever a qualquer momento
você pode gostar também
Comentários
Loading...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais

Click to listen highlighted text!