Nova Iguaçu Online
Notícias de Nova Iguaçu todo dia

Prefeitura leva serviços da Assistência Social às filas de agências da Caixa

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI

Agentes da Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMAS) da Prefeitura de Nova Iguaçu começaram a orientar, nesta terça-feira (6), as pessoas que têm direito ao Auxílio Emergencial do Governo Federal. Nas agências da Caixa Econômica Federal da cidade, serão oferecidos serviços dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS). Já a Superintendência de Controle Urbano colocou cadeiras para quem tem prioridades, como idosos e gestantes, e está orientando as pessoas que estão nas filas a usarem máscara facial e respeitarem o distanciamento de dois metros.

As equipes estarão, de segunda a sexta, das 8h às 13h, na agência da Avenida Marechal Floriano Peixoto, a maior da Baixada Fluminense, onde em época de pagamento de auxílio emergencial chegou a atender cerca de cinco mil pessoas por dia. Outros servidores ficarão na unidade da Praça da Liberdade e em Comendador Soares.

“Estamos levando o CRAS até as pessoas que estão nas agências da Caixa para otimizar o tempo delas e evitando longas filas. Vamos resolver problemas do Cadastro Único, ajudar a acessarem o Caixa Tem, conseguirem, junto ao Detran, documentos com foto, emissão da confirmação de documento deteriorado e, em seguida, dar uma validação no mesmo documento para que a Caixa possa pagar o auxílio. Isso vai facilitar a vida das pessoas sem precisarem ir ao CRAS”, afirmou a secretária de Assistência Social, Elaine Medeiros.

O auxílio emergencial 2021 começou a ser pago nesta terça-feira (6) para 2,36 milhões de beneficiários nascidos em janeiro. A primeira parcela vai ser paga até 30 de abril.

Morador do bairro da Posse, o auxiliar de serviços gerais Edésio da Silva, de 54 anos, por pouco não ficou na fila de espera sem precisar. Ele foi orientado pela equipe da SEMAS, que verificou que seus documentos estavam aptos para receber o pagamento do auxílio.

“Iria ficar na fila sem necessidade. Isso foi bom pra evitar aglomeração. Facilita a vida do cidadão e oferece mais organização”, contou.

Inscreva-se em nossa Newsletter
Cadastre e receba notícias direto para seu email
Você pode se desinscrever a qualquer momento
você pode gostar também
Comentários
Loading...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais