Nova Iguaçu Online
Notícias de Nova Iguaçu todo dia

Governo e Alerj debatem recuperação da indústria naval fluminense

PÁGINA INICIAL > IMPRENSA > NOTÍCIAS

Moskow

Governo e Alerj debatem recuperação da indústria naval fluminense

14 de abril de 2021
 

Representantes do Governo do Estado do Rio de Janeiro e da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) debateram nesta quarta-feira (14/4) caminhos para recuperação da indústria naval no estado. A reunião fez parte dos encontros da Comissão Especial de Indústria Naval, Offshore e do Setor de Petróleo e Gás da Alerj.
 
Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais, Leonardo Soares, no fim de 2014, o setor empregava mais de 30 mil trabalhadores no estado. Atualmente, são cerca de 3 mil, fruto de estaleiros fechados ou parados, sem obras e subutilizados, dedicados ao estacionamento de embarcações, pequenos reparos e manutenção.
 
– A indústria naval é importante para o crescimento econômico do Rio de Janeiro. O Governo a considera fundamental para gerar crescimento. Além disso, é um grande gerador de empregos, o que é fundamental para recuperarmos a economia do nosso estado – afirmou Leonardo, destacando que é necessário pensar em estratégias de longo prazo para o setor – É um debate que precisa ser feito com responsabilidade e em parceria com o Legislativo – concluiu.
 
Entre as oportunidades apontadas durante o encontro estão a construção, manutenção e reparo de embarcações, especialmente dos setores de petróleo e gás e defesa, além da integração de módulos, cabotagem e descomissionamento de plataformas. A presidente da comissão, deputada Célia Jordão, lembrou da contribuição histórica da indústria naval fluminense.

– Nós temos uma grande capacidade produtiva. Já vivemos tempos áureos com grupos empresariais brasileiros investindo na construção de novos estaleiros. Havia uma política de reserva de construção local de até 70%. Não podemos permitir que plataformas e navios sejam levados para fora do Brasil, deixando de gerar empregos e divisas no nosso estado – defendeu a parlamentar.

você pode gostar também
Comentários
Loading...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais