Nova Iguaçu Online
Notícias de Nova Iguaçu todo dia

Estado do Rio apresenta bandeira vermelha no Mapa de Risco da Covid-19

PÁGINA INICIAL > IMPRENSA > NOTÍCIAS

Divulgação

Estado do Rio apresenta bandeira vermelha no Mapa de Risco da Covid-19

23 de abril de 2021

 
A 27ª edição do Mapa de Risco da Covid-19, divulgada nesta sexta-feira (23/04) pela Secretaria de Estado de Saúde, mostra o Estado do Rio de Janeiro com bandeira vermelha (risco alto de contrair a doença), mas aponta para uma melhora nos parâmetros epidemiológicos. A Região Metropolitana I, única do estado que permanecia com bandeira roxa (risco muito alto de contrair a doença), entra para bandeira vermelha; a do Médio Paraíba, que apresentava bandeira vermelha (risco alto), passa para a cor laranja (risco moderado).
 
Já as regiões Centro-Sul, Baixada Litorânea, Noroeste, Norte, Baía de Ilha Grande, Metropolitana II e Serrana permanecem com bandeira vermelha (risco alto). A análise compara a semana epidemiológica 14 (04 de abril – 10 de abril) com a 12 (21 de março – 27 de março) de 2021.
 
Cada bandeira representa um nível de risco e um conjunto de recomendações de isolamento social, que variam entre as cores roxa (risco muito alto), vermelha (risco alto), laranja (risco moderado), amarela (risco baixo) e verde (risco muito baixo).
 
O Estado do Rio de Janeiro apresentou um aumento do número de óbitos (13%) e uma redução dos casos de internações por Síndrome Respiratória Aguda Grave – SRAG (-26%) na comparação entre as semanas epidemiológicas analisadas. As taxas de ocupação de leitos no estado, nesta sexta-feira (23), estão em 66,2% para leitos de enfermaria e 87,3% para UTI.
 
Os resultados apurados para os indicadores apresentados devem auxiliar a tomada de decisão, além de informar a necessidade de adoção de medidas restritivas, conforme o nível de risco de cada região.
 
Dois milhões de vacinados
 
Nesta sexta-feira, o Estado do Rio de Janeiro alcançou a marca de 2 milhões de cidadãos fluminenses vacinados contra a Covid-19. Segundo a última atualização do Vacinômetro do estado, no site Vacinação Covid, em 23/04, até as 9h, haviam sido aplicadas 2.019.561 vacinas da primeira dose e 639.911 da segunda dose. A Secretaria de Estado de Saúde (SES) tem trabalhado ininterruptamente ao lado dos municípios na logística e na distribuição dos imunizantes. A vacina é segura e salva vidas.
 
Sequenciamento genético
 
Um dos maiores estudos na área de sequenciamento do vírus da Covid-19 do país, com a participação da Secretaria de Estado de Saúde (SES) e financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj), já apresentou os primeiros resultados. Feita para se verificar as novas variantes da Covid-19 em circulação no Estado do Rio de Janeiro e entender mais sobre as modificações sofridas pelo SARS-CoV-2, a pesquisa partiu da análise de 90 amostras, colhidas de 24 a 28 de março.
 
E confirmou a circulação das linhagens P1, P2 e B.1.1.7, com predominância da P1 nesta terceira onda da pandemia no Rio. Nos próximos seis meses, serão analisadas cerca de 400 amostras a cada 15 dias, totalizando 4.800 amostras. A parceria envolve ainda o Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC), o Laboratório de Virologia Molecular da UFRJ, o Laboratório Central Noel Nutels (Lacen-RJ), a Fiocruz e a Secretaria Municipal de Saúde do Rio.
você pode gostar também
Comentários
Loading...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais