Nova Iguaçu Online
Notícias de Nova Iguaçu todo dia

Guarda Ambiental Municipal de Nova Iguaçu recebe curso de capacitação para a utilização de armas não letais

Polo de inovação tecnológica de armas não letais, Nova Iguaçu aposta neste tipo de armamento na defesa e proteção ambiental. Na segunda-feira (20), agentes da Guarda Ambiental Municipal (GAM) participaram de uma capacitação para a utilização de arma de choque, sinalizadores e spray de pimenta. O treinamento ocorreu na sede da Condor Tecnologias Não Letais, em Adrianópolis.

Os agentes tiveram um curso teórico no qual o coronel Ricardo Soares, coordenador de treinamento, explicou sobre o funcionamento e correta utilização do modelo Spark Z 2.0. Em seguida, foi a vez dos guardas colocarem em prática o aprendizado e manusearem o equipamento. O secretário municipal de Meio Ambiente, Fernando Cid, também participou da capacitação e afirmou que a utilização de armas não letais pela GAM, regulamentada pelo município, será fundamental para a segurança dos agentes.

“A Guarda Ambiental Municipal tem como prioridade a conscientização e educação ambiental, mas também combate crimes desta natureza. As ocorrências geram risco aos agentes. Então as armas não letais serão uma importante ferramenta no serviço da nossa equipe”, afirmou Fernando Cid, garantindo que o equipamento será utilizado somente quando necessário. “A arma não letal é um último recurso e deverá ser usada quando houver risco real ao agente”.

De acordo com o coronel Ricardo Soares, a tecnologia não letal é fundamental e imprescindível para qualquer agente de segurança. A Spark Z 2.0 é uma arma com tecnologia 100% brasileira que, quando disparada contra um oponente, causa contrações musculares suficientes para incapacitar o indivíduo por tempo suficiente para imobilizá-lo, mas sem colocar sua vida em risco.

“São cinco segundos de fortes contrações provocadas pela energia elétrica, mas seguras a ponto de impedir que haja uma ação voluntária do oponente contra um agente da lei”, explica o coordenador de treinamento da Condor – uma das líderes mundiais do mercado -, ressaltando que a aplicação segura do choque não deverá exceder 15 segundos. Segundo o coronel, atualmente a empresa situada em Nova Iguaçu exporta produtos para 87 países.

Cidade terá Patrulha Ambiental

A Prefeitura de Nova Iguaçu ainda está em processo de aquisição das armas não letais. Mas esta não é a única novidade no combate aos crimes ambientais na cidade. Em outubro, o município deve dar início ao Projeto Patrulha Ambiental, uma parceria do governo com a Polícia Militar. Uma dupla de policiais indicados pelo Comando de Policiamento Ambiental da PM (CPAm) irá atuar diariamente na cidade, utilizando uma viatura do PROEIS – Nova Iguaçu Mais Seguro na fiscalização e combate aos crimes ambientais.

“A Patrulha Ambiental é um grande avanço, pois vai possibilitar o trabalho conjunto de policiais com especialização na área ambiental com os agentes da GAM e também outras instâncias de fiscalização, como o INEA e o ICMBio”, celebrou Fernando Cid, revelando que a atuação da patrulha deve ter início em 21 de outubro.

você pode gostar também
Comentários
Loading...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais