Nova Iguaçu Online
Notícias de Nova Iguaçu todo dia

Proeis em Nova Iguaçu completa um ano com resultados significativos

O Programa Estadual de Integração na Segurança (PROEIS), convênio da Prefeitura de Nova Iguaçu com a Polícia Militar, completa um ano nesta sexta-feira (15), com resultados significativos. Houve redução em crimes de letalidade violenta _ que engloba homicídio doloso, lesão seguida de morte, latrocínio e morte por intervenção policial _, roubo de veículo, crimes de rua e roubo de carga.

Além de ser responsável pelo pagamento do Regime Adicional de Serviço (RAS) do policial militar, a Prefeitura de Nova Iguaçu fez um contrato de locação para ter 30 viaturas novas e foi instalada uma edificação com sala de operação, seção administrativa e banheiros, oferecendo conforto aos policiais.

Nos crimes de letalidade violenta, Nova Iguaçu contabilizou 33% de casos a menos. Foram 155 crimes entre novembro de 2020 e agosto de 2021, contra 231 casos entre novembro de 2019 a agosto do ano passado. Em relação aos roubos de veículos, se comparar os mesmos períodos, houve uma queda de 11% (142 casos a menos); crimes de rua com redução de 26% (919 casos a menos); e roubo de carga menos 17% (29 casos a menos).

Os números são relativos ao acumulado dos últimos dez meses de programa (novembro/ dezembro 2020 a agosto 2021).

“Estamos oferecendo um reforço a mais no policiamento em toda a cidade. É uma Nova Iguaçu mais segura, com viaturas baseadas em pontos estratégicos”, afirmou o prefeito Rogerio Lisboa.

O PROEIS opera com policiais militares contratados em seus dias de folga para aumentar a proteção em áreas da cidade previamente definidas. São 100 homens atuando diariamente por quase 24 horas e outros 50 para serviços como a Patrulha Municipal Maria da Penha, Escolar e Ambiental, estas duas últimas ainda vão entrar em operação.

Nos números do Proeis também constam mais de 50 mil abordagens a suspeitos, mais de 200 registros de ocorrências feitas nas três delegacias da região (Nova Iguaçu, Posse e Comendador Soares), mais de 375 mil quilômetros patrulhados e mais de 100 mil horas de visibilidades (tempo em que a viatura fica posicionada em locais estratégicos), distribuídas em mais de 170 pontos de baseamento.

“Como o programa se estende por todo o município, a população se sente mais segura”, reforçou o secretário Especial de Programas de Segurança Pública, major PM Fernando Vieira Bastos.

Ainda segundo o major, há previsão de utilizar motocicletas para o patrulhamento ainda este ano. O processo de licitação para obter as motos está em fase de documentação.

você pode gostar também
Comentários
Loading...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais